sábado, 13 de janeiro de 2018

ESPIRITO SANTO - INOVADOR, ENCORAJADOR E RESTAURADOR!

"... já faz três anos que venho procurar fruto nela, e não achei nenhum..."( Lucas 13:6,7).
O Senhor Jesus em muitos dos seus ensinos utilizou de parábolas para trazer uma aplicação espiritual importante. A parábola da figueira infrutífera tem endereço: para os religiosos judeus que O acusavam até leva-Lo à morte. O pano de fundo da parábola: arrependimento de práticas de obras injustas; advertência para  quem não frutifica. Que lições essa parábola se aplica na Igreja militante e na vida do crente?

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

INTERCESSORES - SENHOR, CONTE COMIGO!

"... Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverei na oração..."
Início de ano muitos desafios pela frente. Para o primeiro assunto do ano 2018 o tema é uma convocação. Deus está buscando intercessores.  A intercessão é a arma mais poderosa do crente e da Igreja. No passado a oração funcionou na vida de  Abraão, de Moisés, Davi, dos Profetas, na vida dos Apóstolos e nos crentes do primeiro século. O Senhor Jesus usou a oração como instrumento poderoso  do seu ministério. Vamos relembrar alguns momentos da história em que a intercessão funcionou para livramento, na proteção dos inimigos e para por fim o cativeiro dos Hebreus em Babilônia.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

2018 - POSSO MELHORAR!

"Porque o caminho do homem  estão perante os olhos do Senhor, 
e ele aplana todas as suas carreiras"( Pv. 5:21 )
Final de mais um ano um bom momento para se fazer uma sincera retrospectiva de como chegamos  e como entraremos no novo ano. Uma avaliação sem maquiagem. Avalie  se você está na  média, ou está aquém  ou acima da média.  A cada Censo do IBGE a média é sempre alterada em importantes itens da sociedade. Aponta se a média de expectativa de vida da comunidade aumentou. Se a linha  de pobreza diminuiu. Se as mortes por acidentes de trânsito abaixou, etc. Cada um de nós contribui positivamente ou negativamente com os resultados do Censo. A pergunta para nossa reflexão, é: considero-me estar na média? Em que e como posso melhorar? Vamos pensar em algumas áreas importantes da vida onde posso  melhorar:

sábado, 23 de dezembro de 2017

A PERGUNTA - QUEM É O ANIVERSARIANTE DESSE SEU NATAL?

"....  eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho 
e que lhe chamará Emanuel"( Isaías 7:14)
O nascimento do Senhor Jesus Cristo foi predito com detalhes a sete séculos antes do seu nascimento. Ninguém mais teve essa façanha. Mesmo com todo o prenuncio  de sua vinda o nascimento de Jesus não foi festejado. Os Judeus não o reconheceram como o Messias prometido.  Embora o nascimento do Senhor Jesus não  se deu nessa época de dezembro, os cristãos relembram o seu nascimento. A pergunta mais importante que o próprio Senhor Jesus faz está em Mateus 22:42: "Que pensai vós do Cristo?". Convido você a refletir sobre a Pergunta:  Quem e o Aniversariante do seu  Natal? Razões equivocadas de comemorar o Natal de Cristo:

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

DESCIDA AO VALE - UMA QUESTÃO DE TEMPO!

O Salmo 23 escrito em estilo literário poético de um profundo ensino real de como a vida funciona no plano terreno. Narra a vida de Jesus como Senhor, Bom Pastor e Provedor, presente em todas as circunstâncias da vida. Descreve a passagem por um vale  referindo-se à morte. Sobre este vale que vamos refletir: Descida ao Vale, Uma Questão de Tempo. Um tema que geralmente é pregado num funeral. Para quem se foi nenhuma  importância fará O tema é para você refletir em vida.  Faça uma pausa e tire as suas próprias conclusões.

sábado, 9 de dezembro de 2017

MULHER GUERREIRA - O FIM DE UM BOM COMBATE!

" Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé" (  2 Tm 4:7 )
Com a permissão de nossos parceiros e leitores do blog meditações, sinto-me no dever de usar esse  espaço para homenagear uma grande guerreira. Essa guerreira é minha mãe. Neste cinco de dezembro  de 2017, aprouve o Senhor convocá-la para o Seu descanso. Uma guerreira que combateu o bom combate com uma longa enriquecedora e inspiradora história de vida. Partiu aos 85 anos, a sua partida traz-nos uma grande reflexão de uma geração de mulheres que está em extinção. Vamos tentar explicar as razões porque falo isso:
1-  Uma  infância   sem direito de frequentar uma  escola.
.Conseguiu ler e escrever por esforço próprio; porque tinha um grande desejo de cantar os  hinos do Cantor Cristão e ler a sua própria Bíblia. Não teve tempo para brincar; casou-se aos 15 anos, para ela seria a melhor opção para enfrentar a vida o mais cedo possível.

2-  O extinto de maternidade e de família não se negociava.
. Esse extinto materno era muito forte em minha mãe. Num período de dez meses ela deu a luz a dois filhos, dos três que gerou. Dedicou-se incansavelmente em cuidar de nós três; ainda achava tempo para dar uma mãozinha ao nosso pai, na roça; termo usado na época.

3-  Mantinha  uma firme fé  e convicção cristã.
. Morando no sítio, cerca de quatro quilômetros do povoado, o cansaço das lides do dia a dia  não a impedia de exercer a sua fé; com meu pai colocavam os filhos menores no ombro e partiam para os cultos de quartas feiras e domingo. Isso, com regularidade, com chuva ou com sol. Nos colocavam nos bancos da Igreja para dormir enquanto participava dos cultos.

4- Honrou o marido até à morte.
. Foram 67 anos de união conjugal até 2015, interrompido com a morte de nosso pai. Jamais, ouvimos dela, expressões, do tipo: "não dá mais", "vou me separar". Superaram juntos muitas crises, dificuldades financeiras e saudades de familiares; porque tiveram que deixá-los para trás, para  buscar seus sonhos em terras Mato grossenses. Eles eram muito jovens quando decidiram seguir esse caminho. Os filhos tinham oito, sete e três anos.

5-  Investiu a todo custo na educação dos filhos.
. Não teve oportunidade de frequentar escola mas lutou bravamente para que seus filhos estudassem. Levava muito a sério as nossas notas. Apanhávamos se apresentássemos o boletim com notas vermelhas. Todos nós estudamos.

6- Combateu o bom combate resistindo  as duras adversidades.
Uma brava guerreira. Deixou cinco gerações: três filhos, sete netos, dez bisnetos e um tataraneto. Uma filha prefeita da cidade para onde partiu a 60 anos atrás, na busca dos seus sonhos. Uma neta deputada.Três netos médicos, advogados, empresários, funcionários de carreira. Nenhum deles desencaminhou para as drogas ou ociosidade. Nem todos, ainda, abraçaram a sua fé, mas deixou a semente do seu testemunho de fé no coração de todos. 
As circunstâncias foram das mais difíceis: enfrentou migração, guerra, intervenção militar, crises econômicas, enfermidades, em  nada se abateu.  Uma  guerreira que sempre confiou  na proteção e no cuidado do Bom Pastor, do Salmo 23. No seu culto fúnebre o ponto forte das palavras pronunciadas foram inspiradas no Salmo 23. 

7-  Por quê é uma  geração de mulheres em extinção? 
- Privou-se de buscar conquistas pessoais, para se tornar uma matriarca de gerações. 
- Preferiu assumir o seu papel de mulher, no conceito original da criação, a seguir o modelo de movimentos  de mulheres independentes. Com todas as limitações, as suas virtudes não diferem  com a da mulher virtuosa, de Provérbios 31.
- Essa mulher, minha mãe, partiu; e com ela, se perde uma guerreira que o mundo muito deve.
"Bem-aventurados  os mortos que, desde agora, morrem no Senhor... para que descansem dos seus trabalhos e as suas obras os sigam " ( Ap  14:13.b) 
Descanse em paz mulher guerreira! O mundo perde, o Céu ganha. O seu inercio corpo está cercado de lindas coroas de rosas; mas, o seu espírito adentra em ruas de ouro. As coroas aqui murcharam; a sua coroa, nos Céus, terá o eterno brilho do Bom Pastor que te guiou ao longo de sua jornada terrena. Isso nos conforta! Um até breve.

Agradecimento.
Estas últimas linhas dedico  especialmente para registrar o meu profundo agradecimento:
Em especial para minha querida esposa que ao longo de 41 anos  participou efetivamente da vida da minha mãe. Sempre preferia que a levasse ao médico alegando que tinha paciência com ela. Posso afirmar que foi a nora  para minha mãe como Rute foi para Noemi. Minha gratidão aos médicos, enfermeiras, cuidadoras, irmãos em Cristo, amigos, os seus vizinhos de prédio. Gratidão as minhas irmãs e família que dividiram  as responsabilidades de cuidar dela. Deus seja louvado.

Por amor  Cristo!

sábado, 2 de dezembro de 2017

ORAÇÃO - " VÓS ORAREIS ASSIM...!"

".... Senhor, ensina-nos  a orar,  como  também João ensinou aos seus discípulos" ( Lucas 11:1b).
A oração é o canal aberto de comunicação entre o crente e Deus Pai. Todo crente precisa aprender orar logo quando se converte. Os pais cristãos precisam ensinar os filhos a orar logo na primeira infância. O modelo de oração de Jesus possui cinco aspectos importantes que torna a oração eficaz:
(1) Desejar orar; (2) A Quem orar; (3) O por quê orar; (4) Como orar; (5) Persistência no orar. 
Na prática como desenvolver esses cinco aspectos da oração ensinada pelo Senhor Jesus Cristo: